Parque Guinle, na Zona Sul do Rio, mistura passeio ao ar livre com construções históricas

Parque Guinle, na Zona Sul do Rio, mistura passeio ao ar livre com construções históricas

Localizado no bairro das Laranjeiras, o Parque Eduardo Guinle é um óasis em meio ao caos urbano do Rio de Janeiro

Para descanso em família e contemplação de um lindo paisagismo, o Parque Guinle, no bairro das Laranjeiras, dispõe de lago, alamedas, gramados, plantas tropicais e muita vida animal. O local é ideal para piqueniques, chás e reuniões, além de possuir espaços para recreação infantil. A área do parque constituía os jardins do palacete do banqueiro e industrial Eduardo Guinle, erguido na década de 1920 – projetados pelo paisagista francês Gérard Conchet. Quem caminha por ali avista ainda o Conjunto Residencial do Parque Guinle, do arquiteto e urbanista Lúcio Costa com intervenções pontuais feitas por Roberto Burle Marx, guardando nítidos traços modernistas aos prédios. Depois do passeio é possível ir à Galeria Condor, em frente à praça do Largo do Machado, próxima ao parque, onde está a Rotisseria Sírio Libanesa, restaurante que vende excelentes comidinhas e salgados árabes.

 

Foto divulgação - Parque Guinle

Foto divulgação – Parque Guinle

 

Endereço:
Rua Paulo César de Andrade, com entrada pela Rua Gago Coutinho, Laranjeiras.

A entrada do parque é gratuita. E o local é muito bem policiado, por ser da área da residência do Governador do Rio. Vale a pena conhecer!

Revista Online: Edição 148 – VCP

Revista Online: Edição 148 – VCP

Revista Online: Edição 148 – RIO

Revista Online: Edição 148 – RIO

Revista Online: Edição 148 – SP

Revista Online: Edição 148 – SP

Ex-campeão mundial de bodyboard, Paulo Barcellos, faz sucesso com retratos do Rio poduzidos em meio às ondas do mar

Ex-campeão mundial de bodyboard, Paulo Barcellos, faz sucesso com retratos do Rio poduzidos em meio às ondas do mar

Paulo Barcellos é um profissional de bodyboard que se especializou em fotografar o esporte e, em sua volta ao Rio, fez uma série de fotografias da Cidade Maravilhosa de um ângulo inusitado: de dentro da água. A grande intimidade com o mar e as ondas permitiu um resultado de beleza ímpar, com cenas cotidianas transformadas em obras de arte. O fruto desse trabalho são lindas fotos em formato 60 cm x 90 cm, vendidas com preços a partir de R$ 2.900 no perfil do fotógrafo nas redes sociais (www.instagram.com/paulobarcellos__). Na série de fotos “Retratos do Rio” cenários são revelados pelo ângulo de ondas cristalizadas, areias coloridas e mosaicos poéticos. A luz atravessa ondas gigantes e emoldura as montanhas, criando uma sensação de paz e conexão com a beleza da natureza.

Revelado ao ganhar o título de campeão mundial de bodyboard em 2000, Paulo participou de 18 temporadas no Havaí, 17 no Tahiti e 10 no Chile ao longo de quase 20 anos de carreira como bodyboarder. Em 2010, o paulista criado na praia de São Conrado resolveu expandir os seus horizontes e iniciou sua carreira como fotógrafo de surfe.

 

Foto Paulo Barcellos - “Rio Infinito” - Divulgação

Foto Paulo Barcellos – “Rio Infinito” – Divulgação

 

Atualmente, Paulo Barcellos é câmera aquático e personagem nos programas de TV “Prancha e Pé de Pato” e “Retratos do Mar”, apresentados pelo Canal OFF. Entre os melhores surfistas do mundo que teve a chance de trabalhar, destacam-se nomes como; Kelly Slater, John John, Adriano de Souza, Gabriel Medina, Carlos Burle, Pedro Scooby e Jamie O’Brien. Saiba mais em: barcellosimages.com.