fbpx
logo
logo
A BOA – Soluções para Aeroportos propõe estratégias inovadoras aos concessionários

A BOA – Soluções para Aeroportos propõe estratégias inovadoras aos concessionários

O mercado aeroportuário brasileiro passa por mudanças relevantes desde 2011 – período que antecedeu grandes eventos sediados no país, como a Copa do Mundo de 2014 e os Jogos Olímpicos de 2016 – com a adequação da infraestrutura de aeroportos. As concessões à iniciativa privada e a consequente entrada de novos players no setor estão no centro dessa modernização, a exemplo da empresa de consultoria e tecnologia especializada na indústria aeroportuária, BOA – Soluções para Aeroportos.

 

Passageiros no aeroporto - Foto divulgação Getty Images

 

Já são seis rodadas de concessão até abril deste ano, com a participação de operadores aeroportuários nacionais e internacionais, e suas novas ideias e maior capacidade de trabalhar o importante serviço dos aeroportos brasileiros. Preocupada em oferecer soluções customizadas para os novos operadores, a BOA – Soluções para Aeroportos diagnostica situações existentes em complexos aeroportuários e propõe estratégias de impacto positivo no segmento.

“A BOA auxilia as empresas interessadas nos ativos aeroportuários, tanto na fase anterior aos leilões, quanto nas fases de transição e de operação efetiva”, explicam os sócios-fundadores da empresa, Ângelo Grossi e Edson Boldezan. Como exemplo, eles continuam: “Analisamos a condição de bens patrimoniais, observando e propondo soluções para a infraestrutura de tecnologia e sistemas em operação”. De forma prática, a atuação da consultoria está em consonância com o movimento atual do mercado, com foco na otimização dos processos operacionais dos aeroportos, e funciona como um braço especializado das empresas que entram nesse setor. Esse trabalho garante ao passageiro e demais usuários uma boa experiência nos aeroportos sob nova gestão.

 

Sócios-fundadores, Edson Boldezan e Ângelo Grossi - Foto divulgação

Sócios-fundadores, Edson Boldezan e Ângelo Grossi – Foto divulgação

 

Segundo Thaís Strozzi, advogada com especialização em Direito Público e em projetos de concessão de infraestrutura, o planejamento da transição e implantação de uma nova administração aeroportuária é essencial para o sucesso do projeto, com adequado mapeamento e tratamento dos riscos operacionais, jurídicos e regulatórios. “Contar com a expertise de quem conhece o mercado nacional e o cenário regulatório possibilita uma transição e administração seguras, e não perde de vista o conforto do passageiro e a excelência na prestação do serviço.”

 

Branded Content By 29H + BOA

 

 

Txai Resorts: hospedagem sustentável no litoral da Bahia

Txai Resorts: hospedagem sustentável no litoral da Bahia

Txai Resorts, na Bahia, promove projetos de preservação da comunidade e da natureza local, e é referência no turismo consciente há duas décadas.

Situado na Costa do Cacau, em uma área de 92 hectares em meio a uma região de proteção ambiental em Itacaré, na Bahia, o Txai Resorts reúne contato com a natureza, exclusividade, privacidade e experiências únicas no que diz respeito à hotelaria de luxo. Com 38 acomodações, entre apartamentos geminados e bangalôs construídos sob um deck de madeira suspenso, o resort é certificado pelo seleto grupo de hotéis de luxo Relais & Châteaux.

 

Foto - Divulgação

Foto – Divulgação

 

Com 20 anos de história, o Txai Resorts tem a sustentabilidade como um de seus importantes pilares. O hotel desenvolveu o Instituto Companheiros do Txai que, nos últimos anos, realiza um trabalho de conscientização com a comunidade local sobre a importância de conservar a biodiversidade, e trata de assuntos que envolvam a reciclagem, a compostagem e o tratamento de água e esgoto. Uma das iniciativas faz um trabalho constante nas escolas públicas e núcleos educacionais da região ao
ministrar aulas e palestras sobre boas práticas. Há 16 anos, o instituto também beneficia os pequenos agricultores do entorno do hotel por meio da Compensação por Serviços Ambientais (CSA), e promove a capacitação de práticas agrícolas sustentáveis e já beneficiou mais de 150 famílias.

 

Foto - Divulgação

Foto – Divulgação

 

Outro projeto é o Txaitaruga, que cuida da reprodução das tartarugas marinhas ao proteger os filhotes no período de desova – que acontece todo ano entre os meses de setembro e março. A ação já atendeu mais de 60 mil tartaruguinhas e permite a adoção de um ninho de tartarugas por hóspedes e não hóspedes. O adotante recebe certificado de adoção, informações sobre o desenvolvimento dos ovos, o nascimento e fotos do filhote.

Com um conceito exclusivo de bem receber, os projetos Txai têm em comum a localização privilegiada em meio à natureza exuberante do litoral brasileiro e um serviço que favorece o bem estar, o bem viver e a sustentabilidade, que inclui a baixa densidade de ocupação, a interação total com a comunidade e a valorização da cultura local.

 

Foto - Divulgação

Foto – Divulgação

A Movida disponibiliza carro elétrico da Nissan para aluguel e reforça pilar sustentável

A Movida disponibiliza carro elétrico da Nissan para aluguel e reforça pilar sustentável

Entre diversas ações em prol da sustentabilidade no país, como a reconstrução do Corredor do Rio Araguaia, no centro-oeste, em parceria com a Black Jaguar Foundation, a Movida agora anuncia a aquisição exclusiva do Nissan LEAF, carro 100% elétrico. Com esse acordo, a companhia, pioneira em mobilidade elétrica no setor de locação, passa a contar com carros elétricos em sua frota e reforça o seu compromisso de combate às mudanças climáticas.

O novo modelo adquirido pela Movida, o Nissan LEAF, acumula reconhecimentos da imprensa especializada, como o “Carro Verde”, prêmio concedido pela Federação Interamericana de Jornalistas Automotivos (FIPA) e é o primeiro veículo zero emissão de carbono e 100% elétrico a ser comercializado em massa no mundo.

 

Nissan Leaf, carro elétrico disponível para locação na Movida

 

O carro ainda conta com o Nissan Intelligent Safety Shield, um conjunto de tecnologias que ajudam o motorista a monitorar o movimento em torno do veículo, responder a ações inesperadas e a se proteger. “Fomos pioneiros do setor ao criar a categoria de carros premium para a locação em 2017, uma demanda que hoje cresce em todo o mercado. Agora, inovamos mais uma vez, com a oferta de veículos elétricos, que já estão disponíveis em nossas lojas, tanto para o cliente pessoa física quanto jurídica, desde o aluguel eventual até o de longo prazo”, comenta Renato Franklin, CEO da Movida.

Desde 2006, a Movida trabalha e cresce focada na construção de uma sociedade melhor, com iniciativas sustentáveis, procurando contribuir com o meio ambiente. “Esse novo passo faz parte de toda uma estratégia já traçada e que está no DNA da empresa. Ficamos extremamente satisfeitos e ainda mais motivados ao promover soluções que ajudam na evolução da mobilidade urbana sustentável”, enfatiza Franklin.

O carro está disponível para locação nas lojas da Movida na Grande São Paulo e na cidade do Rio de Janeiro.

Para mais informações, acesse: www.movida.com.br

Branded Content By 29H + Movida

Nova linha da Mon Petit Chéri introduz ao cardápio pet picadinhos, inspirados em receitas de Érick Jacquin

Nova linha da Mon Petit Chéri introduz ao cardápio pet picadinhos, inspirados em receitas de Érick Jacquin

A marca que acaba com a monotonia alimentar dos pets agora lança uma nova linha que propicia uma verdadeira experiência gastronômica para cães e gatos, a Plat du Jour. São latinhas da Mon Petit Cheri que vêm com pedaços de comida saborosa – com receitas assinadas pelo chef Erick Jacquin – e garantem a nutrição equilibrada e prazerosa que os bichinhos precisam. 

Foto Getty Images

 

São dois sabores, tanto para os cães como para os gatos. O Ossobuco de Boeuf, feita com carne bovina, e o Poulet Sabor da Françade frango. São produtos feitos com ingredientes de alta qualidade, todos “human grade”, com cuidado na preparação para que não se perca valor nutricional durante a cocção e com o aspecto e textura equivalente aos nossos pratoscheios de pedaços.  

Mon Petit Cheri acredita que os pets têm a mesma satisfação em ter refeições variadas como nós. E a nova linha também reflete essa crença. Diferentes dos conhecidos sachês, as latinhas oferecem um verdadeiro “picadinho” úmido, que contêm pedacinhos de todos os ingredientes, e pode ser consumido sempre, inclusive junto à ração seca 

Patê de fígado, “Tompero” especial de Natal e latinhas com carne bovina e frango para cães e gatos, respectivamente

 

É possível encontrar esses e outros produtos da Mon Petit Cheri nas lojas da Cobasi e nas principais redes pet do país. 

SAIBA MAIS em https://www.monpetitcheri.com.br 

Branded Content By 29H + Mon Petit Chéri

A Mon Petit Chéri oferece receitas criadas pelo chef Érick Jacquin para cães e gatos com paladares exigentes

A Mon Petit Chéri oferece receitas criadas pelo chef Érick Jacquin para cães e gatos com paladares exigentes

Animais de estimação não deveriam comer qualquer coisa. Conceito inédito no país, a gastronomia chegou ao universo pet com os produtos da Mon Petit Chéri, para ampliar o menu dcachorros e gatos. O embaixador da marca, chef Érick Jacquin, cria verdadeiras receitas com molhos da marca adequados para cada bichinho. 

O “Tompero Pet” pode ser consumido em todas as refeições, apenas precisa ser diluído em água e aquecido no micro-ondas. “As rações secas da Mon Petit Chéri, inclusive, possuem menos calorias para que os pets possam ter os molhos acrescentados na alimentação, proporcionado maior prazer e variedade aos bichinhos”, explica Hugo Villalva, CEO da marca. As receitas sugeridas pelo chef incluem legumes, frutas e proteínas de padrão humano, e oferecem ainda opções com ingredientes saudáveis, seguindo os hábitos alimentares de seus tutores, e aprovadas pela veterinária Luciana Oliveira, PhD em nutrição de animais de estimação. 

Érick Jacquin lembra que os pets não podem comer chocolate, café, uvas, entre outros ingredientes muito comuns nos pratos dos humanos, como alho e cebola. “Otomperos, que são nossos molhos, foram feitos de ingredientes humanos, comprados no mercado, mas adequados ao paladar dos animais”.  

Para os gatos, o chef indica os tomperos mais ácidos. “São requintados, gostam de creme de leite, de queijo, iguais a gente”. Já para os cachorros, Jacquin sugere os molhos que mais acentuam o olfato. São atraídos muito mais pelo cheiro que pelo sabor, por isso nossos tomperos são tão spécial para eles, pontua. 

É possível encontrar os produtos da Mon Petit Chéri nas lojas Cobasi e nas principais redes e lojas pet do país.

SAIBA MAIS em https://www.monpetitcheri.com.br 

Branded Content By 29H + Mon Petit Chéri

É possível levar em conta a sustentabilidade na hora alugar um carro com a Movida

É possível levar em conta a sustentabilidade na hora alugar um carro com a Movida

A Movida acredita nos princípios do capitalismo consciente, em que os negócios podem contribuir para solucionar os principais desafios sociais, econômicos e ambientais da sociedade. O setor privado pode implantar mudanças sistêmicas para promover um modelo econômico mais inclusivo, equitativo e regenerativo para todas as pessoas e para o planeta.  

Nossa atuação tem como princípio fundamental a redução de impactos negativos gerados pela nossa operação”, explica Lívia Friseira, Especialista de Sustentabilidade da Movida. Para isso, a companhia implementou o programa Carbon Free, criado para neutralizar emissões de gases de efeito estufa gerados pelo uso dos veículos por meio de plantios de árvores nativas. 

Neste anomarca se juntou a Black Jaguar Foundation para apoiar a construção do maior corredor de biodiversidade do mundo, o corredor do Rio Araguaiano centro-oeste do Brasil. As mudas da Movida se juntaram ao plantio de 1,7 bilhões de árvores. “Contribuímos para a restauração de 1 milhão hectares de área degradadas do corredor, e isso proporcionou regularização ambiental para os donos das propriedades rurais localizadas na região”.  

Projeto de Reconstrução do Corredor do rio Araguaia

 

A companhia ainda assinou um compromisso público de plantar 1 milhão de árvores até 2022 nas margens do Rio Araguaia. Acreditamos que é possível gerar valor para o acionistae um valor até maior, ao mesmo tempo em que a empresa prioriza um modelo de atuação positiva”, afirma Lívia.   

A Movida estrutura a visão de sustentabilidade em três pilares interdependentes:  Mobilidade Melhor (com geração de emprego, acessibilidade e modais sustentáveis), Empresa Melhor (com equidade de gênero, impactos socioambientais e satisfação dos clientes) e Planeta Melhor (que visa a redução da emissão de carbono e resíduos, e estímulo à energia renovável). Essas bases orientarão a atuação da empresa frente à “Década da Ação”, denominação dada pela ONU para atingimento dos compromissos globais de sustentabilidade até 2030. 

 

SAIBA MAIS: www.movida.com.br/sustentabilidade 

 

Branded Content By 29H + Movida