Com rafting, boia cross e stand up paddle, o Parque de Aventuras Monjolinho é destino de pura adrenalina no interior de São Paulo

por | fev 2, 2022 | Passeios, Turismo | 0 Comentários

Nem só de calmaria e belas paisagens se constrói o imaginário do interior paulista. Bastam algumas horas de estrada para descobrir destinos que abrigam muito mais que vitrines verdes. No município de Socorro, por exemplo, as copas das árvores se transformam em obstáculos para esportes radicais.

A apenas 135 km de São Paulo e 106 km de Campinas, a cidade é a primeira do Brasil a conquistar certificação internacional para exercer atividades de turismo de aventura. Segundo a Associação Socorrense de Turismo de Socorro (ASTUR), são mais de 20 parques radicais catalogados em todo o município. Localizado às margens do Rio do Peixe, o Parque de Aventuras Monjolinho é um deles, e atrai famílias semanalmente para momentos de diversão e pura adrenalina.

 

Mesa de Café da manhã da pousada Mata Que Canta | Foto Divulgação

 

Em seus mais de 70 mil metros quadrados de extensão, o espaço reúne atrações para todos os perfis de aventureiros. Aqueles que estiverem em busca de momentos de relaxamento podem desfrutar a tranquilidade serrana nos gramados do complexo, ou apreciar as silhuetas da Serra da Mantiqueira em trilhas autoconduzidas por trechos de Mata Atlântica e ao redor de corredeiras. Já para os mais corajosos, há tirolesa, arvorismo de obstáculos, quadriciclo, boia cross e parede de escalada.

 

Arvorismo sobre o Rio do Peixe | Foto Divulgação

 

Completamente integrado à natureza, o local carrega o selo pet friendly, com atividades adaptadas para receber os turistinhas de quatro patas. Eles podem acompanhar os donos em passeios de caiaque, stand up paddle e até no rafting, sempre usando colete de proteção e guia.

O Parque Monjolinho abre de quarta a domingo, das 9h às 17h, com entrada a R$ 15 por humano – os bichinhos não pagam pela visitação, apenas pelas atividades de que participarem. Lá dentro, cada atração tem um custo adicional, que varia de R$ 35 a R$ 280, mas é possível fechar previamente um pacote day-use com várias atividades e almoço em esquema à la carte incluso. Quem estiver a fim de esticar o passeio por mais alguns dias ainda pode aproveitar a hospedagem em um dos charmosos chalés de alvenaria da Mata Que Canta, a pousada do complexo. As reservas podem ser feitas pelo site www.parquemonjolinho.com.br ou pelo whatsapp (19) 99898-8118.

 

Rafting - Foto Divulgação

Rafting – Foto Divulgação

 

0 Shares

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share via
Copy link