O que é propósito de marca e por que ele tão importante para a sua empresa?

por | maio 17, 2022 | Coluna, Negócios | 0 Comentários

Para descobrir a essência e as intenções de sua empresa, é necessário olhar para dentro e, assim, não perder oportunidades nas transformações digitais

Para quem acredita que propósito é apenas “um conceito de marketing útil para palestras, livros e artigos” – e nada aplicável à sua empresa – penso que, ao ler os parágrafos abaixo, a sua percepção vai mudar, pois uma coisa eu te garanto: propósito é dinheiro na mesa! Um estudo da Troiano Branding mostrou que as 60 empresas mais bem listadas na Bolsa de Valores têm uma intenção clara e bem explicada para os consumidores, ou seja, não ter propósito pode fazer a sua empresa perder negócios.

Propósito não é frase bonita na parede da sala de reunião, mas, sim, atitude de marca! Pessoas desejam marcas que tenham posicionamentos, do contrário, sua empresa será mais uma na imensidão de seu segmento, sem nenhum valor agregado; perceba que no mundo do entretenimento, por exemplo, pessoas com atitude se sobressaem àquelas que não a tem.
Segundo o empresário Jaime Troiano, “marcas sem propósito, são marcas sem alma”, e dessa forma simples ele resume uma grande verdade do marketing moderno, algo que a Transformação Digital trouxe com as novas perspectivas para o universo do engajamento, entendimento, pesquisas, análises, tecnologias, comportamentos e, claro, vendas.

Para mim, a principal evolução se dá no direcionamento das estratégias: no começo era o marketing voltado ao mercado, em que se entendia a demanda e, então, criava-se o produto. Depois, o marketing se voltou ao produto, e esse era o centro de tudo. Hoje, a marca e seu propósito se destacam.

 

Propósito de marca | empresa - Foto iStockPhoto

Foto iStockPhoto

 

E o propósito não se cria, ele é descoberto! Nós, profissionais de branding, somos grandes “Indiana Jones”, pois tudo o que precisamos para construir e posicionar uma marca está dentro da empresa, basta escavar. A intenção e a essência se encaixam nisso, em ir a fundo para achar, e não é falando com duas ou três pessoas que você vai descobrir.

Existem algumas perguntas básicas para chegar às intenções da marca: uma, prática, é “Por que, um dia, o(a) fundador(a) dessa empresa acordou e pensou em criar essa marca?”; outra, mais romântica, é: “O que o mundo perde se a sua empresa desaparecer?” E, por fim: “O que a sua empresa faz para mudar o mundo?” São perguntas abertas e ajudam a desvendar os propósitos.

0 Shares

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share via
Copy link