fbpx
logo
logo

Hotel Parador, na Serra Gaúcha, recebe hóspedes em casulos

por | maio 13, 2021 | Comida & Bebida, Hospedagem, Turismo | 0 Comentários

Parador, em Cambará do Sul, inaugura sete acomodações perfeitas para os viajantes que, neste momento tão peculiar, buscam isolamento, mas não abrem mão do charme e do conforto.

Nesses tempos de pandemia, encontrar uma alternativa de hospedagem que possibilita um certo distanciamento social é exatamente o que buscam as pessoas que estão ansiosas para viajar, não é? Uma boa opção para esse pessoal é o Parador, em Cambará do Sul, na Serra Gaúcha, próximo aos magníficos cânions de Itaimbezinho e Fortaleza.

O hotel aposta em acomodações em formato de casulo, mesclando linhas contemporâneas com detalhes rústicos, valorizando elementos da região e a natureza do entorno em sua arquitetura. Exemplo disso é a luminária pendente feita com lã de ovelha.

Cada um dos sete casulos tem estrutura de madeira de reflorestamento tratada, 24 m2 de área útil, deck privativo com banheira de hidromassagem e uma lareira ecológica para contemplar a bela vista dos Campos de Cima da Serra. Têm ainda ar-condicionado, lençóis térmicos, banheiro completo e minibar. Os casulos foram batizados com nomes de abelhas nativas – como Mandaçaia, Jataí e Guaraipo –, que armazenam o mel em alvéolos de cera com formato similar ao dessas construções.

 

Acomodações em formato de casulo do hotel Parador, na Serra Gaúcha - Foto: Divulgação
  • Save

Acomodações em formato de casulo do hotel Parador, na Serra Gaúcha – Foto: Divulgação

 

Os hóspedes do Parador – tanto quem se acomoda nos casulos como quem prefere ficar nos chalés, nos bangalôs, nas barracas de glamping (mistura de acampamento com glamour) ou ainda nas suítes convencionais – têm a seu dispor toda a estrutura do hotel, que inclui salão de jogos, spa com tratamentos e terapias desenvolvidos pela grife francesa L’Occitane, bar e o restaurante Alma RS, comandado pelo chef Rodrigo Bellora, que valoriza a gastronomia da região e os ingredientes mais frescos de cada estação. Às quartas e sábados, ele oferece um tradicional churrasco preparado no fogo de chão com cortes nobres. Aos domingos, serve um almoço campeiro com pratos típicos gaúchos.

Para tornar a estadia de seus hóspedes ainda mais incrível, o hotel disponibiliza uma série de experiências, perfeitas para quem quiser explorar as belezas naturais da região. É possível agendar caminhadas, passeios a cavalo, de quadriciclo ou de bicicleta, além de voos em balão de ar quente sobre os cânions. E que tal fazer um piquenique no campo ou conhecer uma cachoeira de águas cristalinas? Tudo isso é possível – assim como as vivências gastronômicas exclusivas, como a degustação e o workshop sobre a produção de queijos e a caçada aos cogumelos selvagens nas florestas da região dos Campos de Cima da Serra – acompanhada por especialistas no assunto.

As diárias nos casulos têm valores a partir de R$ 1.400, incluindo café da manhã, chá da tarde e mimos de boas-vindas no minibar.

 

Vista dos casulos - Foto: Divulgação
  • Save

Foto: Divulgação

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share via
Copy link
Powered by Social Snap