fbpx
logo
logo

Sampa Sky: São Paulo ganhará novo mirante retrátil, inspirado no Skydeck de Chicago

por | maio 7, 2021 | Lifestyle, Passeios, São Paulo, Turismo | 0 Comentários

O Sampa Sky, no 42º andar do edifício Mirante do Vale, deve ser aberto ao público no início de julho, com vistas espetaculares da cidade

Muita gente pensa que o prédio mais alto de São Paulo é o Edifício Itália, com seus 45 andares e 165 metros de altura. Mas na verdade esse título pertence ao Edifício Mirante do Vale, um gigante inaugurado em 1966 que tem 170 metros, 51 andares, heliponto, 12 elevadores e 146 lojas nas galerias que ocupam os andares mais próximos do térreo.

É lá que vai ser inaugurado, no dia 1º de julho, um mirante nos moldes SkyDeck de Chicago, no 103º andar da Willis Tower, um dos lugares mais instagramáveis do planeta. O Sampa Sky, que ocupa 700 m2 do 42º andar do prédio, terá como destaques duas plataformas deslizantes com piso, teto e laterais de vidro blindado que avançam para fora da fachada, proporcionando a quem estiver por lá a impressão de estar levitando sobre a cidade.

 

Skydeck - Foto divulgação - @erikmarthaler
  • Save

Skydeck – Foto divulgação – @erikmarthaler

 

O primeiro observatório retrátil fica virado para a face Sul do edifício, com uma vista espetacular para o Vale do Anhangabaú, para o Banespão, para o Prédio Martinelli e para o espigão da Avenida Paulista, ao fundo. O segundo se volta para a face Leste, onde o panorama inclui o Mercado Municipal, o formigueiro humano da Rua 25 de Março, o Mosteiro de São Bento, o Parque Dom Pedro e, lá no horizonte, a região do ABC e até os contornos da Serra do Mar.

 

Edifício Mirante do Vale - Foto divulgação
  • Save

Edifício Mirante do Vale – Foto divulgação

 

Além das plataformas deslizantes, o espaço terá um café operado pela Três Corações, lojinha de souvenirs e outros cenários instagramáveis, onde o visitante poderá ser clicado voando sobre a cidade a bordo da bicicleta do ET ou da vassoura de Harry Potter.

 

Vista Sampa Sky - Foto divulgação
  • Save

Vista Sampa Sky – Foto divulgação

 

O projeto foi idealizado pelo chef André Berti, que tem como sócios o advogado Antônio Carlos da Relva Caldeira (proprietário do espaço) e o publicitário Alessandro Martineli. A expectativa é que o Sampa Sky seja uma das principais atrações da cidade, atraindo turistas e também os moradores da capital. Se tudo correr dentro do planejado, o local vai receber a cada mês cerca de 25 mil pessoas.

A capacidade permite acomodar até 400 pessoas simultaneamente, mas esse número deve ser reduzido no início, por causa das normas de segurança impostas pela Prefeitura e pelos órgãos de Saúde do município.

O empreendimento nem foi inaugurado, mas já está sendo procurado por promoters para verificar a possibilidade de reservar datas para eventos corporativos e casamentos. No caso de uma cerimônia matrimonial, o padre e os noivos podem ficar na plataforma, projetados “no ar”! “Fomos procurados até por gente interessada em alugar a área para aulas de ioga e meditação, fora do horário de funcionamento”, conta Alessandro Martineli.

O Sampa Sky vai abrir nos sete dias da semana, sempre das 10h às 20h. O elevador só levará novos grupos lá para cima a cada meia-hora. Para ter acesso ao mirante, o bilhete inteiro vai custar R$ 60. Mas nas primeiras semanas de operação será cobrada meia entrada (R$ 30) de todo mundo.

 

Vista do Sampa Sky para a Zona Leste - Foto divulgação
  • Save

Vista do Sampa Sky para a Zona Leste – Foto divulgação

 

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share via
Copy link
Powered by Social Snap