Café perfeito: dicas indispensáveis para os “coffeelovers”

por | maio 7, 2021 | Bebidas, Comida & Bebida | 0 Comentários

Ter uma mini cafeteria em casa ficou mais acessível com tantas opções de utensílios e equipamentos que o mercado oferece. Por isso, separei algumas sugestões e informações que podem ser muito úteis e ajudar aqueles que querem ter uma verdadeira evolução com o café em casa.

Comece pelo principal: os melhores grãos. O Brasil é um celeiro de ótimos cafés, que são produzidos em diversas regiões, do Paraná ao Ceará. Você pode encontrar excelentes opções nos supermercados que tenham uma seção mais especializada, ou em cafeterias. Uma alternativa é adquirir seu café diretamente de produtores por meio de seus websites ou de clubes de assinaturas.

Além das regiões e produtores, cada café pode se diferenciar em razão das variedades empregadas, como acontece com os vinhos, e pelo método de secagem, podendo ser naturais, cerejas descascadas ou lavados. Cada processo, manejado pelo produtor, confere perfil de sabores muito particulares, assim como a torra dos grãos. Assim, uma recomendação: experimente!

Experiência é o que vai permitir escolhas cada vez melhores. E atenção: a data da torra é a informação mais importante! Quanto mais recente, melhor.

 

Foto - Deborah Diem | Unsplash

Foto – Deborah Diem | Unsplash

 

Café torrado em grãos ou moído?

O ideal é adquirir o café em grãos e moer à medida que for consumir. Moedores podem ser manuais ou elétricos, com diversas e boas opções disponíveis nos principais marketplaces na internet. Moído, o café se oxida mais rapidamente, perdendo muito de sua qualidade sensorial. Mas, caso não tenha moedor, não se apavore e siga a regra básica: quanto mais recente a data da torra, melhor.

Qual é a melhor forma de preparar o café?

Existem diversos métodos de preparo, cada um com seu resultado na xícara. Alguns fazem a bebida mais encorpada, outros mais leves e elegantes. Pode-se escolher desde o clássico e eficiente Melitta, a prensa francesa, que é um serviço muito charmoso, ou a estilosa cafeteira italiana Bialetti, que faz cafés como o espresso. Estão, também, à disposição as cápsulas Nespresso, que fazem você viajar pelo mundo em xícaras de café, e as alternativas de filtrado como da japonesa Hario V60 ou da brasileira Koar.

Comece por um método mais acessível e simples, adquirindo outros à medida que seu espírito cafeínado se torne mais ousado. Outro utensílio indispensável é a chaleira. Existem no mercado chaleiras com o “pescoço de ganso”, que são longos, permitindo maior controle da vazão ao verter a água sobre o pó de café, com resultados profissionais.

Dicas importantes!

Qual xícara usar é uma questão que depende da concentração do seu café. O espresso normalmente é servido em xícaras menores, por ser muito concentrado, enquanto um filtrado, frequentemente, é servido em canecas. Um último recado sobre adoçar ou não: um excelente café dispensa açúcar, porque, naturalmente, já é adocicado na medida certa!

0 Shares

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share via
Copy link