fbpx
logo
logo

Drinques sem álcool são novas estrelas nos cardápios de bares e restaurantes pelo Brasil

por | nov 3, 2021 | Bares, Bebidas, Comida & Bebida, Lifestyle, Noite | 0 Comentários

Drinques sem álcool estão em cardápios em que, antes, apenas bebidas alcoólicas se destacavam. Há pouco tempo, quando não existia alguma opção sem álcool no menu, preferiríamos preparar algo gaseificado, como uma soda artesanal de maçã verde. Com a preocupação em oferecer um drinque mais leve e refrescante, até mesmo porque os clientes buscam melhor qualidade nos ingredientes e menos açúcar, isso tem mudado.

Essa mudança começou em 1980, quando Dale Degroff, conhecido com o rei dos coquetéis no mundo, popularizou o famoso Cosmopolitan, em Nova York. O clássico e charmoso drinque iniciou a busca por ingredientes mais saudáveis e leves, e os não alcoólicos preparados com maior cuidado ganharam destaque. Cada vez mais se fala em bebidas com baixo teor alcoólico, ou até mesmo 0% de álcool.

A tendência segue um caminho de hábitos mais saudáveis, que se tornam muito necessários. Em 2020, a Organização Mundial da Saúde (OMS) mostrou que o Brasil está entre os países que mais consomem bebidas alcoólicas na América Latina. Com a pandemia, o consumo de vinhos e outras categorias aumentou consideravelmente no país. Nesse mesmo sentido, o mercado de destilados cresce e a busca por novidades é constante. E os drinques sem álcool em suas versões enlatadas e, até mesmo, embaladas a vácuo surgem como boas opções nas prateleiras e nos serviços de entrega.

Acompanho esse movimento desde 2012 e sempre incluí nas minhas consultorias os famosos “softs” – coquetéis a base de chás e sem álcool, contendo um xarope artesanal ou, a depender do caso, um industrial bem feito, sem glúten e sem outros conservantes – que também têm se tornado mais populares no mundo.

Na carta de drinques do Naga, além de novas receitas alcoólicas, apresento algumas opções sem álcool, como o chá de hibisco com xarope de flor de sabugueiro e limão siciliano, que compartilho a receita abaixo. Agora temos total certeza de que não consumir álcool não se trata de “modismo” e, sim, uma escolha por parte dos clientes. Afinal, álcool nunca será uma necessidade.

 

  • Save

Foto Tomás Rangel | Drinque Hibiscus&Flores, do Naga

 

Hibiscus&Flores
Ingredientes
50 ml chá de hibiscos
20 ml xarope sem álcool de flor de sabugueiro
25 ml suco limão siciliano

Preparo
Bater na coqueteleira todos esses ingredientes com gelo e depois servir com coagem simples para um copo long drink também com gelo.
Como decoração, adicionar uma mini rosa comestível.

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share via
Copy link
Powered by Social Snap