logo
logo

Chefs de São Paulo se mobilizam e distribuem marmitas

por | jun 30, 2020 | Ideias, Pessoas & Ideias | 0 Comentários

O restaurante de comida brasileiraMocotó, do chef Rodrigo Oliveira, começou a distribuir marmitas para famílias de baixa renda, pessoas em situação de rua ou qualquer um que precisasse de uma refeição quente preparada com carinho em meio à crise provocada pela pandemia do novo coronavírus.  

Começou como uma ação discreta divulgada por meio da associação do bairro da Vila Medeiros, na zona norte de São Paulo, e de alguns amigos. Mas a notícia correu pelas redes sociais e a equipe aumentou a quantidade de refeições oferecidas e, hoje, já são 200 marmitas distribuídas por dia. Desde o começo da quarentena decretada pelo governo estadual, no final de março, o restaurante promove a ação todos os dias da semana, das 11 horas da manhã ao meio dia. 

  • Save

Marmitas distribuídas pelo restaurante Mocotó

À frente do único restaurante brasileiro da disputada lista “The World’s 50th Best Restaurants”, Jefferson Rueda também transformou A Casa do Porco em uma cozinha comunitária. Lá, o chef assa diariamente dois porcos vindos de sua criação sustentável de animais para preparar de 400 a 700 marmitas que alimentam a população em situação de vulnerabilidade social nos arredores da República, onde fica o restaurante. Acompanhamentos como arroz, feijão e salada completam as marmitas distribuídas.  

  • Save

Jefferson Rueda chef de A Casa do Porco

Um dos restaurantes do chef Henrique Fogaça, o Jamile, de cozinha contemporânea no Bixiga, se transformou em outro centro de preparo e distribuição de marmitas para pessoas que precisam. O chef e uma equipe de voluntários preparam das 8h à 23h, 300 marmitas diariamente. A equipe também distribui materiais de higiene pessoal, cobertores e roupas.   

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share via
Copy link
Powered by Social Snap