Descubra tesouros em meio à Mata Atlântica: 4 trilhas incríveis em São Paulo para se reconectar com a natureza

por | abr 7, 2022 | Coluna, Mobilidade | 0 Comentários

Há muitas trilhas em São Paulo, lugares preservados e verdes, alguns deles em áreas protegidas, as chamadas Unidades de Conservação do Estado. Selecionamos aqui sugestões a até 50 km da capital paulista. São trajetos que permitem o acesso a áreas com fauna e flora diversificadas, corredeiras e cachoeiras  um respiro essencial para se conectar à natureza.

Trilha da Pedra Grande
Localiza-se no Parque Estadual da Cantareira e dá acesso ao Mirante da Pedra, afloramento rochoso com cerca de 1.010 metros de altitude e uma vista incrível de parte da cidade de São Paulo. O percurso, em meio à Mata Atlântica, mostra claramente o contraste entre a cidade e natureza. A trilha é de 10 km (ida e volta), cerca de 2h30 de caminhada.
Rua do Horto, 1.799, tel. 2203-3266.

 

Vista do Mirante da Pedra, acessado pela Trilha da Pedra Grande, na Serra da Cantareira | Foto Divulgação

 

Trilhas do Silêncio e do Pai Zé
Ambas ficam no Parque Estadual do Jaraguá. A do Silêncio é ideal para iniciantes e para quem busca um passeio mais suave. Tem apenas 900 metros de percurso (ida e volta) e duração de 30 minutos. A vegetação densa abafa os ruídos urbanos formando um silêncio incrível. É ótima para crianças e adaptada para visitantes com deficiência física ou mobilidade reduzida. Já a Trilha do Pai Zé tem 3.600 metros de percurso e duração de 2h30. Leva até o pico, de onde se tem uma vista espetacular da cidade. Além da flora diversificada, por ali se encontra uma fauna de respeito com espécies como preguiças, esquilos, tucanos, quatis, sabiás, saguis e macacos-prego.
Rua Antônio Cardoso Nogueira, 539, Pirituba, tel. 3943-5222.

 

Trilha Monumentos Históricos
A 33 km de São Paulo, essa trilha, também chamada “Caminhos do Mar”, foi construída durante o período colonial. O caminhante passa pela Estrada Velha de Santos e contempla monumentos históricos como o Rancho da Maioridade, o Pouso Paranapiacaba e a Casa de Visitas do Alto da Serra, lugares pelos quais eram transportadas mercadorias como algodão, tabaco e açúcar. A trilha, de dificuldade média pelo seu tempo de duração (cerca de cinco horas), pode ser feita com guias em passeios agendados pelo site
www.caminhosdomar.com.br

 

Trilhas em Paranapiacaba
Fundada em 1865, devido à construção da estrada de ferro São Paulo Railway, que ligava Jundiaí ao Porto de Santos, Paranapiacaba é a única vila ferroviária em estilo inglês preservada do Brasil. A 50 km do centro de São Paulo, ela é um destino maravilhoso para quem quer fazer trilhas em meio a cachoeiras e paisagens deslumbrantes. Oferece percursos com diversos graus de dificuldade, mas é importante contratar um guia para a aventura. Uma sugestão é a Trilha do Poço Formoso, de nível moderado, com 4,8 km em média. O passeio tem como foco as várias piscinas naturais de águas cristalinas, além do caminho sombreado pela rica e diversa flora da mata atlântica. Informações pelo site www.paranapiacabaecotur.com

0 Shares

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share via
Copy link