logo
logo

Rádio Vozes: uma trilha sonora para o Carnaval de diferentes gerações

por | fev 17, 2020 | Música | 0 Comentários

Fevereiro é mês de folia! São Paulo ferve com um dos carnavais de rua mais importantes do país, quem diria! Blocos, bailes, fantasias, uma animação que não acaba na quarta-feira e em algumas partes do país começa com as primeiras temperaturas mais altas. Recife e Salvador vivem uns três meses de Carnaval, pré e pós-fevereiro. E minha coluna desta edição traz uma playlist temática.

Vamos começar com os clássicos: as marchas-rancho, um gênero tão lindo quanto antigo. Serviam de trilha para os ranchos que, lentamente, porém sincopados, saíam para a festa. Um exemplo é “Estrela do Mar”, que pode ser ouvida com Dalva de Oliveira, com Maria Bethânia e com Beth Carvalho. A letra é primorosa e conta a história de amor entre um grão de areia e uma estrela. Pura poesia nessa composição de Marino Pinto e Paulo Soledade.

  • Save

O cantor e compositor Zé Keti. Foto: Reprodução / Wiki Commons

“Máscara Negra”, de Zé Keti, aquela história sedutora e romântica do “vou beijar-te agora, não me leve a mal…” é outra marcha-rancho famosa. “As Pastorinhas”, talvez a mais conhecida, de Noel Rosa e João de Barro, que conta dos versos de amor cantados para a lua. Esse é o Carnaval das colombinas e pierrôs, do lança-perfume… aquele do sujeito de camisa listrada que só volta depois da folia. Bom, talvez isso ainda aconteça. Sei de um amigo que nos anos 1980 acordou em um telhado em Salvador… viva a juventude!!!

Depois dos clássicos, vamos para os “Muitos Carnavais” de Caetano, que não só regravou maravilhas como escreveu outras tantas. Quem não canta junto “Chuva, Suor e Cerveja”? Esse disco dá um baile inteiro. Foi lançado em 1977. Hoje, no Carnaval paulistano, um dos maiores blocos foi criado em homenagem a ele, o Tarado ni Você, que faz a folia toda com as composições desse baiano tão genial quanto diverso em sua obra.

Para um Carnaval contemporâneo, vou falar aqui da Charanga do França, que também é um bloco de rua. Sai por Santa Cecilia sob a batuta do músico Thiago França. Fizemos um programa especial com ele na Rádio Vozes que está disponível no app dentro do espaço do Vozes do Brasil. Thiago é saxofonista e compositor e tem uma vivência de charangas na sua infância. São pequenas bandas só de instrumentos de sopro. Ele adaptou o conceito para o Carnaval e até dá aulas para entrar no cortejo. Tem disco nas plataformas digitais.

Daqui do meu sossego, espero ter colaborado com a sua farra. Muito boa viagem e divirta-se sem moderação!

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share via
Copy link
Powered by Social Snap