Por que a sua empresa precisa usar a metodologia dos 5Ps de branding?

por | mar 7, 2022 | Coluna, Negócios | 1 Comentário

Começo esta coluna fazendo uma simples pergunta: você pagaria R$ 100 em uma Bic? Pagaria R$ 700 em uma Montblanc? Claro que a sua resposta é não para ambas as perguntas e é muito simples entender o porquê: a marca. Uma Bic custa, em média, R$ 5; ao passo que uma Montblanbc começa em R$ 2.500, logo, enquanto R$ 100 na Bic é muito caro, R$ 700 na Montblanc é muito barato e, dificilmente, é um produto original. A razão dessa sua percepção chama-se branding.

Quanto mais uma empresa tem sua marca forte, mais seus produtos têm um valor agregado alto para os consumidores. Bic e Montblanc são apenas canetas, no final do dia uma não faz a sua letra ser mais ou menos bonita, mas uma é um produto para uso rápido, e outro é uma joia.

Provavelmente o celular no seu bolso, ou bolsa, é um iPhone. Sabia que um Samsung é melhor que o seu iPhone? Isso é algo que alguns especialistas em tecnologia dizem. Você pode ter estranhado essa frase, mas essa percepção de que o iPhone é melhor se deve à marca forte da Apple, por isso, ela pode praticar altos preços, pois a ideia de valor é que define o preço para se mostrar descolado e inovador. Isso é o que a Apple passa e o você quer mostrar aos amigos quando tem um produto da maçã mais poderosa do mundo.

 

Foto Brandon Romanchuk | UNSPLASH

 

Quando digo que “produtos são commodities, marcas não” é porque afirmo que, hoje, os produtos são todos similares. Smartphones, carros, roupas, relógio. Há uma grande diferença entre BMW e Mercedes? Claro, falo de produtos que concorrem na mesma categoria, o Onix é bem diferente da Mercedes E400. Marcas diferenciam produtos.

Construir uma marca é algo que se faz diariamente e não é do dia para a noite. A Coca-Cola tem 130 anos e em cada post, campanha ou anúncio está passando seus atributos para seus consumidores.

Indico, então, cinco pontos para você avaliar as marcas, o que chamo de 5Ps de Branding:

Propósito: por que a sua marca existe e no que ela mudará o mundo?

Promessa: o que a sua empresa promete e cumpre aos consumidores?

Percepção: como a sua marca precisa ser percebida pelas pessoas?

Pessoas: para quais personas você vende?

Posicionamento: como a sua marca precisa estar na mente das pessoas?

Respondendo essas cinco questões, você já terá um panorama melhor da sua empresa. Aconselho ler o livro “Planejamento de Marcas no Ambiente Digital” (DVS Editora) para conhecer mais sobre como posicionar e fortalecer a sua marca.

 

0 Shares

1 Comentário

  1. MANOEL PEREIRA GUILHERME JUNIOR

    Show.

    Exposição simples e direta do Posiocionamento.

    Responder
Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share via
Copy link