logo
logo

Staycation: Explore São Paulo como um turista aventureiro

por | ago 28, 2020 | Passeios | 0 Comentários

Enquanto o “novo normal” ainda impõe restrições para quem pretendia viajar para alguns destinos distantes, uma nova e interessante modalidade de turismo surgiu nos Estados Unidos: a “staycation” – fusão dos termos ‘stay’ (ficar) com ‘vacation’ (férias). Aproveite esse momento para conhecer algumas atrações da capital do estado, São Paulo, que poucos brasileiros visitam e que, cada vez mais, vêm encantando turistas estrangeiros que chegam por aqui e se surpreendem com a natureza, a criatividade e a história dos paulistanos.

 

City tour sem trânsito

Como visitar 20 diferentes atrações turísticas da cidade de São Paulo em apenas 30 minutos? De helicóptero, oras! Com saída do Campo de Marte, os voos panorâmicos passam pela Catedral da Sé, pelo Mercadão Municipal, pela Estação da Luz, pela Avenida Paulista, pelo Parque do Ibirapuera, pelo Museu do Ipiranga e pelo Estádio do Pacaembu, entre outros marcos da paisagem paulistana. O pacote para até três passageiros sai por R$ 1.925, e o voo com cinco passageiros custa R$ 3.850. Para mais informações e reservas, acesse www.aroundsp.com.br.

 

Segredos do Ibirapuera

Explore e conheça o Parque do Ibirapuera de uma maneira diferente. A Ibira Walking Tour começa no mirante no alto do prédio do MAC (Museu de Arte Contemporânea) e em seguida desbrava atrações como o Mausoléu do Obelisco, o Pavilhão Japonês, o MAM (Museu de Arte Moderna), o Jardim das Esculturas, a Oca, o Auditório Ibirapuera e o Museu AfroBrasil. No final, rola um piquenique no gramado da Praça da Paz. O ingresso, por pessoa, custa R$ 30, e as reservas podem ser feitas no site www.bemsaopaulo.com.br.

 

Todo dia é dia de índio

Pouca gente sabe, mas existem duas tribos indígenas dentro do município de São Paulo. Em uma excursão com 10 horas de duração, você poderá visitar a aldeia Tenondê Porã e conhecer a cultura, os costumes e as danças tradicionais desses índios da etnia guarani. Eles vivem em casas de alvenaria em uma área demarcada de 16 hectares no extremo sul da cidade, em Parelheiros. Lá, fazem artesanato com penas e sementes e cultivam mandioca, feijão, milho e frutas de todo tipo. O tour inclui um almoço preparado ali, na hora, e não é barato – custa US$ 300 por pessoa -, mas é uma experiência memorável e boa parte desse valor financia projetos para a comunidade da aldeia. Reservas no site www.gregtur.com.br. 

Cruzeiro à paulistana

Quem disse que praia de paulistano é shopping center? A Represa de Guarapiranga é rodeada de muito verde e tem trechos com água limpa, própria para nado ou esportes aquáticos. Contate a Vi vant (www.vivantsp.com.br) e agende um passeio de duas horas para dois adultos e até duas crianças por apenas R$ 500 (incluindo sucos, refrigerantes, água, amendoim, toalhas e pranchas de stand u p paddle). O itinerário passa pela Ilha dos Macacos, pelo Solo Sagrado e pela praia da Riviera Paulistana. Para grupos maiores, contate a empresa e promova uma confraternização customizada com seus amigos ou colegas de trabalho.

 

Cada passo uma história

Caminhando por 3 horas pelas ruas do centro, o historiador Giuliano Orlando guia grupos de até dez pessoas por marcos históricos e arquitetônicos da metrópole. O roteiro começa com uma visita ao terraço no alto do Edifício Copan, passa pelo Theatro Municipal, pela Prefeitura, pelo Mosteiro de São Bento, pelo Prédio Martinelli (o primeiro arranha-céu da América Latina) e pelo Páteo do Collégio, para terminar na Praça da Liberdade, em meio a gostosuras da culinária japonesa. Muito bem avaliado por gringos do mundo todo, o tour custa R$ 145 e pode ser contratado no site www.getyourguide.com.br.

Arte na favela

Paraisópolis é a segunda maior favela de São Paulo, com cerca de 25 mil moradores. Neste surpreendente passeio, você descobrirá que nem tudo é pobreza por lá. Paraisópolis é um hub de empreendedorismo e modelo de organização comunitária. Caminhando com seu guia pelas ruelas, você terá a chance de conhecer projetos sociais (como o Ballet de Paraisópolis e a Horta na Laje) e os ateliês de artistas como o mecânico Berbela, que cria obras incríveis com todo tipo de sucata, e o jardineiro Estevão, conhecido como “Gaudí brasileiro”, que mora em uma casa-museu toda feita com peças de plástico e cacos de louça. O tour termina com um almoço no Bistrô Mãos de Maria. O preço por pessoa é R$ 350, e as reservas podem ser feitas em www.airbnb.com.br/experiences.

 

Caminhada na Mata Atlântica

Neste passeio de 4 horas, é possível explorar o Parque Estadual da Cantareira, uma magnífica reserva florestal na zona Norte de São Paulo. Caminhando pelas trilhas, seu guia vai te revelar espécimes pouco conhecidos da flora e fauna nativas da Mata Atlântica. Com sorte, dá para avistar bugios, tucanos e quatis. Da Pedra Grande, uma enorme bloco de granito, dá para se ter uma fantástica vista da metrópole, ali ao longe. O tour passa ainda por cachoeiras de águas límpidas e termina no restaurante e antiquário Velhão, onde é servido um almoço com comidas preparadas no fogão a lenha e oferecida uma degustação de cachaças artesanais. Custa R$ 800 por pessoa, e as reservas devem ser feitas em www.gregtur.com.br.

 

Pedaladas com arte urbana

Este passeio de bicicleta, com saída da Avenida Paulista, passa por murais, paredões de prédios e vigas que ostentam obras dos mais talentosos grafiteiros da Pauliceia. O percurso passa pelos baixios do Minhocão e pelo Vale do Anhangabaú até chegar ao Museu Aberto de Arte Urbana (MAAU), com pinturas fantásticas nas colunas da linha elevada do metrô, perto do Parque da Juventude, onde funcionava o Presídio do Carandiru. Cada participante paga R$ 403 e tem direito a uma bike, capacete de proteção e água mineral à vontade. Reservas pelo site www.viator.com.br.

 

A exuberante flora paulistana

Passear pelo Jardim Botânico já é uma experiência e tanto. Guiado por um biólogo, torna-se uma atividade fantástica! Você será conduzido pelas atrações do parque com explicações e curiosidades históricas. No Jardim dos Sentidos, será estimulado a usar o tato, o olfato e o paladar para identificar temperos e, no Jardim de Lineu, encontrará um paisagismo peculiar em meio às esculturas e às estufas. O tour passa também pela nascente do Riacho do Ipiranga, pelo Orquidário e pelo Lago das Ninféias, povoado por “primas” da amazônica Vitória Régia. Com sorte, você avistará ainda macacos, bichos-preguiça, aves e lagartos em seu habitat natural. O preço por pessoa é R$ 60, e as reservas podem ser feitas em www.airbnb.com.br/experiences.

 

 

 

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *