logo
logo

Conheça Isparta, cidade da Turquia onde floresce a rosa damascena

por | fev 4, 2020 | Turismo, Viagens | 0 Comentários

Já tem programa para as próximas férias? Pois aqui vai uma ideia: Turquia como você nunca viu. Esqueça os balões da Capadócia. Sem querer diminuir a aventura e o encantamento de subir aos céus a bordo de um deles, a verdade é que é possível fazer isso sem sair do Brasil.

Já o espetáculo da Turquia de Isparta, com seus 682 quilômetros quadrados de jardins de rosas de Damasco, capazes de impregnar o ar ao seu redor, é o must experience da vez.

Vista panorâmica de Isparta, na Turquia. Foto: Getty Images

“O segredo é chegar perto das 6h, 6h30, para se deslumbrar com a mistura de verde e pink”, conta Pablo Schenfeld, embaixador Dior para a América Latina na área de perfumaria. “É como se fosse um tecido recobrindo o solo, uma estampa exclusiva e inimitável.”

Também conhecida como Terra das Rosas, Isparta fica no coração do Mediterrâneo, centro sudoeste da Turquia, a 386 km de Istambul e apenas 98 km de Antalya, o ponto mais badalado da Riviera Turca.

A gül (rosa, em turco) é usada para várias finalidades – nenhuma mais imbatível que a perfumaria. Extrair seu perfume, no entanto, é uma mistura de poesia, arte, luxo e um esforço brutal. 25 kg de rosas geram uma única gota de óleo.

Para produzir 1 kg de óleo são necessárias quatro toneladas de pétalas. Ou 1 milhão e quatrocentas mil rosas. Paraíso das flores? Sim… e não. Quem vai para a colheita, durante os meses de maio e junho, acorda às quatro da manhã, chega aos campos às cinco e começa rapidamente a colher, sob pena de o óleo evaporar ao nascer do sol. A técnica faz o quilo desse óleo cor de âmbar e preço de ouro ultrapassar os cinco mil euros.

Mas não, na história da flor na Turquia não há ganância. Para os turcos, as rosas sempre simbolizaram espiritualidade, santidade e amor.

Foi um louco amor que levou Pablo Schenfeld a trocar os pincéis de maquiagem pelas fitas olfativas, aquelas tirinhas de papel para experimentação de perfumes. “Quando conheci François Demachy, responsável pela perfumaria de Dior, e pude visitar os jardins de rosas, jasmins, tuberosas, fiquei louco”, conta o expert, que hoje pertence ao time superseleto de 14 embaixadores da perfumaria Dior no mundo.

Isparta

Colheita das rosas turcas usadas na perfumaria. Foto: Getty Images

Dior tem jardins espalhados pelo mundo, mas que não são abertos à visitação. O especialista, no entanto, tem algumas dicas certeiras para degustar Isparta como um iniciado:

  • Qualquer cidade da Turquia terá sempre a rosa presente, lembra ele. Turcos tomam chá de rosas o dia todo. Turkish delight, as famosas balas de goma turcas ou manjar turco, levam pétalas de rosas na receita. E o perfume das rosas está por toda parte. Mas para conhecer de fato o mundo da perfumaria, o destino é a experiência da colheita em Isparta.
  • “No campo, não precisa se preocupar em reservar com antecedência. “Quando estive lá, postei em meu instagram #isparta e #roses, e recebi vários convites para visitas.” Isparta é pequena, tem apenas campos de rosas e, no centro, muitas lojas só com produtos de rosas.
  • Ao descer do carro ou do ônibus em um jardim de rosas, concentre-se nos primeiros 15 segundos: seu olfato será presenteado com uma explosão perfumada. “O aroma bem pronunciado é a grande diferença entre as rosas da floricultura e as rosas do mundo da perfumaria”, explica Pablo. “Aproxime o nariz da flor e vai sentir a fragrância da rosa, é claro, mas também um pouco da laranjeira, um pouco de doce… uma mistura perfeita”, ensina o expert.

Serviço

A Vemtour oferece a experiência das rosas de Isparta com a presença de um especialista em perfumaria, além de Riviera Turca e Istambul, em maio de 2020. Vemtour: (11) 2305-4505; whatsapp (11) 9853-6109; adriana@vemtour.com.br

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *