logo
logo

Cantora Mel Gonçalves é o rosto e corpo do Carnaval de rua de São Paulo

por | fev 3, 2020 | Pessoas & Ideias | 0 Comentários

Os blocos de Carnaval mostram a realidade da metrópole. Em meio à festa, as dores e as delícias da cidade ficam expostas para todo mundo ver e sentir. “É um portal para uma pausa, é a diversão entre tantas dificuldades que o país vive, ao mesmo tempo em que todos ocupam a rua e reparam nessas questões”, define a cantora Mel Gonçalves. Musa do bloco paulistano de axé “Domingo Ela Não Vai”, a goianiense comanda, a partir deste ano, um bloco próprio, o “Lua de Mel”, que fará uma homenagem à música brasileira, do frevo ao funk. Mel integrou a Banda Uó até 2017, grupo de estilo muito próprio, que unia tecnobrega ao pop, junto a Matheus Carrilho e Davi Sabbag.

Mel Gonçalves

A cantora goianiense se prepara agora para comandar seu próprio bloco. Foto: Divulgação

Apaixonada pelos diferentes ritmos do país, a cantora aposta em valorizar ainda mais a cultura brasileira em um álbum solo que beberá em referências do samba, do pop brasileiro, e de sons e estética de matrizes africanas, com previsão de lançamento para 2020. “Quero lançar algo bonito, que toque as pessoas, uma narrativa do nosso país e da América Latina”.

Dona de si e agora de um bloco, Mel diz que encarnou uma personalidade mais extrovertida a partir das experiências vividas na banda e se impressiona por ter se tornado musa e referência de muita gente. “Sou tímida, então aprendi a sair da caixa, e hoje se as pessoas me veem como musa, eu aceito”, revela. Há nove anos em São Paulo, a cantora se adaptou ao fluxo intenso da cidade e vê no caos do trânsito e dos acontecimentos frenéticos o combustível para construções positivas em sua vida. “Essa capital é um lugar de realizar desejos, encontrar pessoas e deixar a sua marca”.

São Paulo faz parte de Mel e vice-versa. Representando esse amor, o “Lua de Mel” arrastará foliões pelo coração da cidade, da Avenida São João à Praça Ramos – lugar de inspiração de quem passa e conhece a cidade. A festa comandada pela cantora será no pós-Carnaval, no dia 29 de fevereiro.

Do novo ano, Mel espera colocar em prática seus projetos, quer ver o disco solo no circuito da música, sustentar seu bloco depois do Carnaval e continuar trabalhando: “Com o pé no chão, quero realizar meus sonhos”.

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *