logo
logo

Academia na pós pandemia conta com intensa digitalização

por | ago 5, 2020 | Entrevista, Pessoas & Ideias | 0 Comentários

Rodrigo Sangion, CEO da Les Cinq Gym, detalha inovações para segurança sanitária durante os treinos

A pandemia do novo coronavírus fez a equipe da academia Les Cinq Gym, nos Jardins, em São Paulo, se debruçar no estudo de medidas de segurança, já pensando em um retorno, que acontece em agosto. Foram feitos testes e consultas a empresas de higienização e de desinfecção de ambientes fechados. O resultado vai além do que é proposto pelas autoridades de saúde nacional. A academia será a primeira no país a aplicar uma tecnologia completa de reconhecimento facial termográfico, que checa não somente a temperatura corporal do aluno, mas também reconhece se ele está usando máscara dentro da academia.  O CEO da Les Cinq Gym, Rodrigo Sangion detalha à 29HORAS essas e outras inovações, que serão aplicadas na reabertura.

  • Save

29HORAS – As regras estaduais para a reabertura das academias já foram estabelecidas. Para além do uso de máscara, do funcionamento com apenas 30% da capacidade, das aulas individuais e da higienização constante, quais outras medidas a Les Cinq Gym lança para a maior segurança dos clientes?

Rodrigo Sangion – A Les Cinq Gym está inovando em medidas de segurança, sendo a primeira academia do Brasil a investir em algumas tecnologias que vão nos ajudar no funcionamento seguro. É o caso do reconhecimento facial termográfico, que é um sistema completo de câmera, que dá acesso às áreas de treino. Ele identifica rapidamente o rosto do aluno, checa se a pessoa está de máscara e mede a temperatura corporal, sem que seja preciso tocar qualquer superfície. O acesso não será permitido caso o aluno esteja sem máscara e a temperatura dele seja superior a 37.4º, um indicativo de febre. Temos ainda o tapete químico para higienizar a sola dos calçados na entrada, que combate bactérias e vírus, e foi aprovado pela Anvisa. Já as lâmpadas germicidas lançarão radiação ultravioleta tipo C, para neutralizar a ação do vírus em todo o ambiente. Uma vez por semana, durante cerca de três horas, também ocorrerá a esterilização nebulizado, para higienizar aparelhos, maçanetas de porta e teclados de computadores. Essa higienização “mais pesada” será feita por uma empresa especializada quando a academia estiver fechada.

29HORAS – Qual é a expectativa de funcionamento nesse cenário? Como acha que os clientes receberão essas adaptações?

Rodrigo Sangion – Somos uma empresa que possui um DNA de inovação contínua, e o nosso cliente sempre recebeu as mudanças de forma muito positiva. Não acreditamos em novo normal, mas no alinhamento entre o nosso serviço versus a superação das expectativas dos clientes. E mesmo com todas essas mudanças nós acreditamos que o nosso cliente vai valorizar ainda mais a atividade física.

29HORAS – Como a tecnologia tem sido aliada antes mesmo dos treinos virtuais e da pandemia?

Rodrigo Sangion – A Les Cinq Gym já foi projetada desde o início para ser referência em inovação e tecnologia quando o assunto é bem-estar e performance de treino. Nosso propósito nos guiou até a italiana Technogym, a maior wellnesscompany do mundo e responsável pelo que há de mais high tech no mercado. Fizemos um investimento e reformamos a LesCinq com 100% dos equipamentos da marca, alguns até exclusivos. Somos referência em um serviço atual e tecnológico que controla o rendimento dos treinos, melhora a performance dos alunos e até dos equipamentos, para então entregar o melhor resultado. Todo aluno tem uma band, que é a pulseira digital para entrar na academia e acessar seu treino, outro diferencial é que os equipamentos contam com telas de acesso para a Netflix. E também temos simuladores de corrida, paraquedas e surf.

29HORAS – Como manter a atenção individualizada e próxima quando é necessário distanciamento?

Rodrigo Sangion – Mesmo com autorização legal e de ter toda uma estrutura de segurança instalada, que vai além das obrigações impostas pelas autoridades sanitárias, a academia LesCinqGym optou por não reabrir em julho, pensando no bom atendimento ao cliente. A redução de horário de funcionamento não contribui para o serviço premium que a LesCinqGym proporciona. Ou seja, todos os alunos não poderiam ser atendidos da forma como estão acostumados. Entendo que segurança, bem-estar dos alunos e igualdade de atendimento devem andar juntos. Estudamos as possibilidades e voltamos de forma segura a partir de 3 de agosto.

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share via
Copy link
Powered by Social Snap