logo
logo

Duas franquias de comida que são um sucesso

por | jun 5, 2018 | Franquias | 0 Comentários

Henrique Fogaça pretende ter 60 unidades de seu gastrobar no país, enquanto a Casa de Bolos estreia na lista das 50 maiores marcas da ABF.

O famoso sanduíche Dogue Alemão, do Cão Véio

Com a cachorrada solta

O cão está cada vez mais velho, mas está em plena forma e começa a dar cria. O gastropub Cão Véio acaba de completar cinco anos em Pinheiros e inicia sua expansão, por meio de franquias. Nos últimos meses, inaugurou quatro novas unidades, e muitas outras ainda virão.

O empreendimento é fruto de uma sociedade entre Henrique Fogaça, (jurado do programa “Masterchef Brasil” e chef do restaurante Sal), o músico Fernando Badauí (vocalista do CPM22) e Marcos Kichimoto, ex-promoter de festas. A casa é o lugar ideal para almoços, happy hours e noitadas regadas a boa comida e bebida.

Como seus donos, o espaço tem uma pegada hardcore, além de várias referências caninas na decoração e no cardápio. O Labrador Retriever, por exemplo, é o nome que se dá ao peixe do dia com crosta de castanha do Brasil, servido com mandioca cremosa e farofa de milho, enquanto o Bulldog Inglês é o nome do hambúrguer com cheddar, bacon, cebola caramelizada e picles.

Em 2016, os sócios abriram a empresa para franquias. Com consultoria da Global Franchise, uma das principais redes de consultorias de franquias do mundo, o trio de sócios tem como meta totalizar 60 franquias no país daqui a dez anos.

“Escolhemos o Cão Véio para abrir aqui na Zona Leste e não poderíamos ter feito uma opção melhor. Tem dia que chegamos a ter duas horas de espera. Se tivéssemos começado do nada, sem uma marca forte e sem a imagem do Fogaça por trás, ia demorar um tempão para chegarmos onde estamos”, avalia Carlos Eduardo Martins, um dos sócios da unidade do Tatuapé.

Bolo da avó é sucesso

Criada por Sônia Ramos em 2010, na cidade de Ribeirão Preto, no interior de São Paulo, a Casa de Bolos começou de forma despretensiosa – Sônia sempre gostou de fazer bolos e decidiu arriscar – , mas nesses oito anos provou que a empreendedora, conhecida como Vó Sônia, tem mão e talento para o negócio. Hoje a rede conta com mais de 300 franquias no país, que vendem 70 sabores de bolos.

Só em 2017, Vó Sônia inaugurou 55 unidades, com faturamento anual de R$ 182 milhões, um aumento de 17% em relação a 2016. Este ano a empresa estreou na lista das  50 maiores franquias do Brasil, ranking divulgado pela ABF. Para Rafael Ramos, diretor de marketing da empresa e o filho caçula de Sônia, o objetivo é atingir em 2018 a marca de 350 franquias em todo o país, chegando a 400 unidades até o final de 2020.

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *