logo
logo

Bom de copo: As nuances da cerveja artesanal

por | fev 1, 2019 | Bebidas | 0 Comentários

IPAs, Weizenbier, Amber e Pilsen são alguns estilos de cerveja artesanal

Você sabe identificar uma cerveja artesanal? Para falar a verdade, essa nomenclatura não está 100% exata, tendo em vista que para a produção de cerveja no Brasil é necessária uma estrutura de equipamentos e processos que são industriais, mesmo que em uma escala reduzida. Nomenclaturas à parte, ainda é possível diferenciar as cervejas comerciais das “artesanais”.

Começando com cuidado com os insumos, processos e qualidade do produto. Cervejarias artesanais têm um foco grande em qualidade, variedade e inovação na sua linha de produtos, enquanto as comerciais focam em eficiência de custo e distribuição.

Muito se fala sobre a qualidade superior da “cerveja puro malte”, mas apenas isso não deve ser considerado como fator decisivo. Importante é levar em conta a qualidade dos ingredientes. Uma cerveja que leva frutas, aveia ou trigo não é puro malte e pode ter excelente qualidade, enquanto uma cerveja puro malte com defeitos sensoriais pode não ser boa.

Outro fator que influencia é a pasteurização. Todas as cervejas comerciais são pasteurizadas, o que reduz a qualidade da bebida, mas isso facilita a distribuição. As cervejarias artesanais optam por comercializar cervejas frescas, ou seja, que não foram pasteurizadas e filtradas. Isso garante uma experiência marcante para o consumidor, mas essas cervejas devem estar 100% do tempo refrigeradas, o que restringe bastante a distribuição.

Então, quanto mais perto da fonte, melhor e mais fresca será a cerveja. Hoje temos excelentes cervejarias espalhadas por todos os cantos do Brasil, que produzem mais de cem estilos diferentes de cerveja. Com certeza alguma delas irá agradar o seu paladar. Quando viajar, procure os produtores locais e dê uma chance ao desconhecido. Você pode se surpreender!

Vamos falar de lúpulo

Você já deve ter ouvido falar de India Pale Ale (IPA) e do lúpulo, ingrediente que tem roubado a cena cervejeira. A IPA é uma cerveja com aroma de lúpulo bastante definido e fresco, amarga e com maior teor alcóolico. O lúpulo é um insumo presente em todas as cervejas, porém em proporções diferentes dependendo dos estilos.

O objetivo deste conservante natural é trazer amargor e manter a qualidade da cerveja. Nas IPAs, ele também age para conferir aromas e sabores cítricos, frutados e florais, que seduzem consumidores de cerveja mundo afora. São vários tipos de lúpulos diferentes e é a combinação entre eles que irá determinar o estilo e o sabor da cerveja.

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *